quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Você me magoou!

Escrevi no dia 12 de outubro um haicai e ofereci a uma pessoa que se acha adulta mas é imatura. O haicai é um estilo de poema de origem japonesa escrito em três linhas que contemplem cinco sílabas poéticas na primeira linha, sete na segunda e cinco na terceira, totalizando 17 sílabas. Então escrevi:

Vento que passou,
Moinho já está parado.
Quem era, ventou.

Gostaria, com base neste haicai, de desenvolver meu texto de hoje, alertando para o perigo de possuir uma visão distorcida sobre si mesmo, imaginando-se como sendo exemplo para a humanidade em conduta e em modo de agir.
Claro, o que sinto é um pouco do que Nietszche escreveu: "A vaidade dos outros só vai contra o nosso gosto quando vai contra a nossa vaidade". Isso porque a atitude da pessoa nos magoa e ficamos pensando: por que ela não pensou antes de falar? Não imaginou que iria me deixar triste?
E agora venho eu com um raio de sensatez: ESQUEÇA! Não se martirize em tristeza e pranto por causa de atitudes pueris que sejam tomadas contra você.
Em vários de meus textos ressalto a importância de viver em função de nós mesmos, na intenção de mudar o mundo para todos. Consequentemente, não devemos deixar que influências externas, sejam de quem for, venham tirar nossa motivação e nos deixar deprimidos. Ninguém, repito, ninguém merece um suspiro seu, quiçá uma lágrima.
A pessoa que sempre se acha correta e que fala sem pensar se vai ofender ou magoar alguém está agindo por vaidade e, segundo Machado de Assis, "a vaidade é um princípio de corrupção".
Portanto, não se deixe corromper por palavras duras. Cada um entrega ao semelhante aquilo que tem para oferecer. Uns oferecem carinho e beijo, outros, palavra que machuca.
Por isso, como em meu haicai, deixe o vento que passou ir embora, ele já não serve para mover o moinho. Ou, se preferir as palavras de Honore de Balzac: "Deve-se deixar a vaidade aos que não têm outra coisa para exibir".


Um comentário:

  1. Maria Auxiliadora Cardoso de lima20 de outubro de 2016 17:06

    Texto lindo! Adorei o Haicai! Muita originalidade sua extrair da poesia as suas mensaGens!
    Parabéns!

    ResponderExcluir